Seu Benê

Já é tempo de ir ver seu Benê. Seu Benê, escondido no fundo de uma galeria, mais alto que suas prateleiras. Último santeiro da rua Augusta. Boa tarde, seu Benê. Boa tarde, filha. Pele preta, olho azul. Um dia acertei na lata sua idade: oitenta e sete. Nesse mesmo dia, levei comigo um São Jerônimo. Seu Benê (se referindo a Xangô) disse que quando alguém me praticasse uma injustiça, eu deveria colocar um papelzinho com o nome completo da pessoa debaixo do São Jerônimo. Botei meu papelzinho. Meses depois, tirei: percebi que injusta tinha sido eu. Foi quando cresceu minha fé em Xangô, em São Jerônimo  e em seu Benê.

Anúncios

Sobre juliana bernardo

Poeta, taróloga e mochileira. Publicou Carta Branca e Vitamina (Patuá, 2011| 2013). Desde 2012, organiza saraus, debates e rodas de conversa sobre escrita e publicação. Coeditou a Coleção Edições Maloqueiristas (2014), que reuniu 26 títulos entre poesia, ficção e teatro marginal. Cursou Filosofia, na USP, e escreve sobre as medicinas da floresta e o candomblé. Também atua como terapeuta de ThetaHealing. Agende sua consulta de Tarot ou TethaHealing! orugidodoleaonaocabenajaula@gmail.com 11 966815823 Ver todos os artigos de juliana bernardo

leu você?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: