24 de dezembro de 1996

Tenho 7 anos. Kelly, minha vizinha de 8, conta que o Papai Noel trouxe seu presente à tarde. Ela está com uma garrafa de 2lt de guaraná lotada de moedas. Não pergunto se foi esse o seu presente, nem digo que Papai Noel não existe. É a primeira vez que lembro escolher ficar quieta. Kelly aponta pro meu presente (uma escada rolante de pinguins) e pergunta se foi o Papai Noel quem me deu. “Não, foi minha vó” respondo.
Minha avó Julieta ainda na cozinha. Dia todo no fogão com um copo infinito de cerveja apoiado na pia. A pia, do tamanho de um anão, era meu esconderijo quando brincava de esconde-esconde. A vó era o álibi.
96 foi o último natal com ela, com sua bermuda estampa casca de melancia e seus olhos vermelhos. Passar o dia 24 de dezembro cozinhando é um dos meus jeitos de brindar a saudade.

Anúncios

Sobre juliana bernardo

Poeta, taróloga e mochileira. Publicou Carta Branca e Vitamina (Patuá, 2011| 2013). Desde 2012, organiza saraus, debates e rodas de conversa sobre escrita e publicação. Coeditou a Coleção Edições Maloqueiristas (2014), que reuniu 26 títulos entre poesia, ficção e teatro marginal. Cursou Filosofia, na USP, e escreve sobre as medicinas da floresta e o candomblé. Também atua como terapeuta de ThetaHealing. Agende sua consulta de Tarot ou TethaHealing! orugidodoleaonaocabenajaula@gmail.com 11 966815823 Ver todos os artigos de juliana bernardo

Uma resposta para “24 de dezembro de 1996

leu você?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: