24 de dezembro de 1996

Relendo. Sempre que chega perto meu aniversário, tenho muita saudade dela.

O rugido do leão não cabe na jaula

Tenho 7 anos. Kelly, minha vizinha de 8, conta que o Papai Noel trouxe seu presente à tarde. Ela está com uma garrafa de 2lt de guaraná lotada de moedas. Não pergunto se foi esse o seu presente, nem digo que Papai Noel não existe. É a primeira vez que lembro escolher ficar quieta. Kelly aponta pro meu presente (uma escada rolante de pinguins) e pergunta se foi o Papai Noel quem me deu. “Não, foi minha vó” respondo.
Minha avó Julieta ainda na cozinha. Dia todo no fogão com um copo infinito de cerveja apoiado na pia. A pia, do tamanho de um anão, era meu esconderijo quando brincava de esconde-esconde. A vó era o álibi.
96 foi o último natal com ela, com sua bermuda estampa casca de melancia e seus olhos vermelhos. Passar o dia 24 de dezembro cozinhando é um dos meus jeitos de brindar a…

Ver o post original 1 mais palavra

Anúncios

Sobre juliana bernardo

Poeta, taróloga e mochileira. Publicou Carta Branca e Vitamina (Patuá, 2011| 2013). Desde 2012, organiza saraus, debates e rodas de conversa sobre escrita e publicação. Coeditou a Coleção Edições Maloqueiristas (2014), que reuniu 26 títulos entre poesia, ficção e teatro marginal. Cursou Filosofia, na USP, e escreve sobre as medicinas da floresta e o candomblé. Também atua como terapeuta de ThetaHealing. Agende sua consulta de Tarot ou TethaHealing! orugidodoleaonaocabenajaula@gmail.com 11 966815823 Ver todos os artigos de juliana bernardo

leu você?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: